Click Now!

Add New Feed
X
RSS URL    
Please insert a full address, for example: http://www.yourrsswebsite.com/rssfeed
Page source: http://cantesalmos.blogspot.com/feeds/posts/default 

Click Now!

Want to be informed when this page is updated? Enter email here   Notify me       
X
Please note that content update alert service is much better then adding a page to favorites.

Once this page content is updated you'll receive an e-mail with a link to this page

Please enter email here
      
No thanks, continue to add to Favorites
cante salmos - blog do salmista
Add To Favorite

297110

Neste salmo vemos que não devemos nos afastar dos desígnios do Senhor. Temos nosso livre arbítrio e não podemos culpar  Deus das consequências de nossos atos, quando não queremos ouvir Sua palavra e obedecer Seus ensinamentos. 





Leandro - Melodia, voz solo e violão
Marlene - Backing

DSCN0435


G              Bm          C                    D
 Das obras do Senhor não se esqueçam.
G              Bm          C               D    G   D7
 Das obras do Senhor não se esqueçam.


G                              Bm           C        D
Mesmo assim, eles tentaram o altíssimo, 
Em                        Bm                 C       D
recusando-se a guardar os seus preceitos. 
G                                   Bm             C       D
Como seus pais, se transviaram, e o traíram 
Em                           Bm C                D
como um arco enganador que volta atrás.   (R)

Irritaram-no com seus lugares altos, 
provocaram-lhe o ciúme com seus ídolos. 
Deus ouviu e enfureceu-se contra eles, 
e repeliu com violência a Israel.   (R) 

Entregou a sua arca ao cativeiro, 
e às mãos do inimigo a sua glória; 
fez perecer seu povo eleito pela espada, 
e contra a sua herança enfureceu-se.   (R)

.


Neste salmo vemos que Deus não faz distinção de Seus filhos, somos todos iguais perante Seus olhos e nos sentaremos ao redor de Sua mesa como nos foi prometido.



 *melodia inspirada em musica do www.portaldamusicacatolica.


Vilza - Voz  
Leandro - Voz e violão
IMAG0063
Vilza

100_6374 
Leandro  

C                  G/B            F   G
A glória do Senhor vai além 
C   G/B                  F     G
    além dos altos céus.

Am         Em                 F
Louvai, louvai, ó servos do Senhor, 
Am          Em           F          G
louvai, louvai o nome do Senhor! 
Dm         C/E           F        C/E
Bendito seja o nome do Senhor 
Dm              C/E               Bb      G
agora e por toda a eternidade!    


Do nascer do sol até o seu ocaso,
louvado seja o nome do Senhor!
O Senhor está acima das nações,
sua glória vai além dos altos céus. (R)

Quem pode comparar-se ao nosso Deus,
ao Senhor, que no alto céu tem o seu trono
e se inclina para olhar o céu e a terra? (R)


Ao chegar do exílio, o povo se defronta com graves dificuldades: organizar a comunidade, restabelecer o culto, reconstruir o Templo, sanar sérios problemas sociais. O plano de restauração, portanto, é ainda uma grande aspiração. 


Salmo entoado por Vilza Mazeto, da paroquia Sagrado Coração de Jesus em São João da Boa Vista, SP





*para extrair o mp3 deste video, sugiro http://www.youtube-mp3.org/pt

F                                      G/F                 C G/B Am      
  —Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade,/ 
       Dm7             Gsus                 C
e a vossa salvação nos concedei!
F                                      G/F                 Em   Am7 
  —Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade,/ 
      Dm7              G                   C/G 
e a vossa salvação nos concedei!



                C                      F            C
 Quero ouvir o que o Senhor irá falar:/
        C                F             G
é a paz que ele vai anunciar./
F                             G                      C  G/B  Am 
Está    perto a salvação dos que o temem,/
       Dm7            F                     Gsus  C/E   
e a glória habitará em nossa terra.



            C                F                   C
 A verdade e o amor se encontrarão,/
        C             F                 G
a justiça e a paz se abraçarão;/
F                   G           C  G/B  Am 
da terra brotará a fidelidade,/
       Dm7         F              Gsus  C/E   
e a justiça olhará dos altos céus.




            C                  F                  C
O Senhor nos dará tudo o que é bom,/
                  C                F                G
e a nossa terra nos dará suas colheitas;/
F                     G           C  G/B  Am 
a justiça andará na sua frente/


Nesta leitura de Deuteronômio, vemos que o povo abandonou a Deus, seguiu seus caminhos,  tomou decisões sem ponderar se era  ou não Sua vontade. Como as consequências não foram agradáveis, o povo começou a achar que foi esquecido, não se dando conta que tudo foi decorrente de seus próprios atos e que Deus, é o verdadeiro dono de nossas vidas.




100_6374 
Leandro - melodia, arranjos e interpretação



   Am                 Em          F                     C
Sou eu que tiro a vida, sou eu quem faz viver!
   Am                 Em          F           G       C
Sou eu que tiro a vida, sou eu quem faz viver!



Am                              Em
Já vem o dia em que serão arruinados 
 F                                C
e o seu destino se apressa em chegar.
Am                                Em
Porque o Senhor fará justiça a seu povo 
F                      G                      Am
e salvará todos aqueles que o servem. (R)


Saibam todos que eu sou, somente eu, 
e não existe outro Deus além de mim: 
quem mata e faz viver, sou eu somente, 
sou eu que firo e eu que torno a curar. (R)



Se eu afiar a minha espada reluzente 
e com as minhas próprias mãos fizer justiça,
dos adversários todos hei de me vingar 
e vou retribuir aos que odeiam. (R)


Neste salmo, afastados de Deus, pedimos pela Sua piedade e suplicamos para que possamos nos afastar das coisas do mundo e que voltemos novamente nossa face na direção do Nosso Senhor.

*melodia  inspirada em musica integrante do CD "Entoai Salmos" da Comunidade Canção Nova.




100_6374 
Leandro  -  interpretação e arranjos



E          G#m              A7+                 B
Criai em mim um coração que seja puro


     C#m7                         A7+
1. Criai em mim um coração que seja puro
  B7                                 E9   
Dai-me de novo um espírito decidido
C#m7                            A7+
Ó Senhor, não me afasteis de vossa face
B7+                               E9       Bsus          
Nem retireis de mim o vosso Santo Espírito


2. Dai-me de novo a alegria de ser salvo
E confirmai-me com um espírito generoso
Ensinarei vosso caminho aos transviados
E para vós se voltarão os pecadores. 


Pois não são de vosso agrado os sacrifícios,
e, se oferto um holocausto, o rejeitais.
Meu sacrifício é minha alma penitente,
não desprezeis um coração arrependido!


No culto, o povo celebra as manifestações de Deus na história, intervindo para fazer justiça. Diante do Deus que faz justiça, os idólatras se envergonham e o povo de Deus se alegra, pois, à medida que age, Deus desmente os ídolos das nações.





* Musica pertencente ao CD Festas Liturgicas IV do Grupo Palestrina da Arquidiocese de Curitiba, PR

                Gm    Bb    F                   Bb          C       F                        
— Deus é Rei, é o Altíssimo,/ muito acima do universo. 
               Gm    Bb     F                  Bb           C       F 
— Deus é Rei, é o Altíssimo,/ muito acima do universo. 


                                   C                F
— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria,/ 
             Dm                    C
e as ilhas numerosas rejubilem!/ 
            Gm                 Dm            G
Treva e nuvem o rodeiam no seu trono,/ 
                             C              F
que se apóia na justiça e no direito.


— As montanhas se derretem como cera/ 
ante a face do Senhor de toda a terra;/ 
e assim proclama o céu sua justiça,/ 
todos os povos podem ver a sua glória. 


— Porque vós sois o Altíssimo, Senhor,/ 
muito acima do universo que criastes,/ 
e de muito superais todos os deuses


Este salmo nos mostra que a súplica é o clamor que nasce do fundo da necessidade, na certeza de que Deus ouve a quem o invoca.



100_6374 
Leandro  -  interpretação e arranjos


C             G/B         Am
O Senhor olhou a terra 
 Dm          C              G               
olhou a terra do alto céu. 



C                G/B          Am
As nações respeitarão o vosso nome, 
Dm              C                         G     G7
e os reis de toda a terra, a vossa glória; 
C             G/B                Am
quando o Senhor reconstruir Jerusalém 
Dm                   C                 G   G7
e aparecer com gloriosa majestade, 
F                 G
ele ouvirá a oração dos oprimidos 
F                  G                 G7
e não desprezará a sua prece. 


Para as futuras gerações se escreva isto, 
e um povo novo a ser criado louve a Deus. 
Ele inclinou-se de seu templo nas alturas, 
e o Senhor olhou a terra do alto céu, 
para os gemidos dos cativos escutar 
e da morte libertar os condenados. 


Assim também a geração dos vossos servos 
terá casa e viverá em segurança, 
e ante vós se firmará sua descendência. 
Para que cantem o seu nome em Sião 
e louve ao Senhor Jerusalém, 
quando os povos e as nações se reunirem 
e todos os impérios o servirem.


Neste salmo pedimos ao Senhor que nos dê qualidades que um cristão verdadeiro deve ter.





100_6374 
Leandro  - melodia, interpretação e arranjos


D                       G                         D
Ensinai-me a fazer vossa vontade!

D                       G                         A
Ensinai-me a fazer vossa vontade!


G                            A                        D         Bm                        
 Afastai-me do caminho da mentira 
G                           A                          D        A7
e dai-me a vossa lei como um presente!    (R)


Não retireis vossa verdade de meus lábios, 
pois eu confio em vossos justos julgamentos!   (R)

Que se voltem para mim os que vos temem 
e conhecem, ó Senhor, vossa Aliança!     (R)

Meu coração seja perfeito em vossa lei, 
e não serei, de modo algum, envergonhado!     (R)

Espreitam-me os maus para perder-me, 
mas continuo sempre atento à vossa lei.       (R)

De vossos julgamentos não me afasto, 
porque vós mesmo me ensinastes vossas leis.     (R)



Deus completa em todos os sentidos àqueles que o invocam.

*melodia disponibilizada por www.cancaonova.com, com interpretação de Juliana de Paula, missionaria da Comunidade Canção Nova.



                C              D/C        Bm7              Em7
— Vós abris a vossa mão e saciais os vossos filhos.
              Am7             G/B    C   D                G
— Vós abris a vossa mão e saciais os vossos filhos.


                G                                Cm/G  
— Misericórdia e piedade é o Senhor,/
          G/B         Em7              Am     Dsus
ele é amor, é paciência, é compaixão./
         Em7           Em/D               C      G/B 
O Senhor é muito bom para com todos,/
          Am7            G/B       D4    D
sua ternura abraça toda criatura.


— Todos os olhos, ó Senhor, em vós esperam/
e vós lhes dais no tempo certo o alimento;/
vós abris a vossa mão prodigamente/
e saciais todo ser vivo com fartura.

— É justo o Senhor em seus caminhos,/
é santo em toda obra que ele faz./
Ele está perto da pessoa que o invoca,/
de todo aquele que o invoca lealmente


 Este salmo nos mostra que não tendo mais a quem recorrer, nada podendo fazer, e, não tendo ninguém que o defenda, o salmista recorre a Deus numa espécie de desafio: que ele dê provas de seu amor e fidelidade. 





Leandro - melodia, violão e backing
Vilza - voz solo

IMAG0063
Vilza

100_6374 
Leandro  


C                    G               F                 C
No tempo favorável, escutai-me, ó Senhor!
Am                 G              F                  G
No tempo favorável, escutai-me, ó Senhor!


C     G/B              F                    C
Retirai-me deste lodo, pois me afundo!
Am    F                  G
Libertai-me, ó Senhor, dos que me odeiam,
C       G/B               F                  C
e salvai-me destas águas tão profundas!
Am       F            G
Que as águas turbulentas não me arrastem,
C       G/B                  F               C
não me devorem violentos turbilhões,
Am     F                   G
nem a cova feche a boca sobre mim!    (R)



Pobre de mim, sou infeliz e sofredor!
Que vosso auxílio me levante, Senhor Deus!
Cantando eu louvarei o vosso nome
e agradecido exultarei de alegria!   (R)


Humildes, vede isto e alegrai-vos:
o vosso coração reviverá,
se procurardes o Senhor continuamente!
Pois nosso Deus atende à prece dos seus pobres,
e não despreza o clamor de seus cativos.  (R)


Neste salmo vemos que não devemos nos afastar dos desígnios do Senhor. Temos nosso livre arbítrio e não podemos culpar  Deus das consequências de nossos atos, quando não queremos ouvir Sua palavra e obedecer Seus ensinamentos. 





Leandro - Melodia, voz solo e violão
Marlene - Backing

DSCN0435


G              Bm          C                    D
 Das obras do Senhor não se esqueçam.
G              Bm          C               D    G   D7
 Das obras do Senhor não se esqueçam.


G                              Bm           C        D
Mesmo assim, eles tentaram o altíssimo, 
Em                        Bm                 C       D
recusando-se a guardar os seus preceitos. 
G                                   Bm             C       D
Como seus pais, se transviaram, e o traíram 
Em                           Bm C                D
como um arco enganador que volta atrás.   (R)

Irritaram-no com seus lugares altos, 
provocaram-lhe o ciúme com seus ídolos. 
Deus ouviu e enfureceu-se contra eles, 
e repeliu com violência a Israel.   (R) 

Entregou a sua arca ao cativeiro, 
e às mãos do inimigo a sua glória; 
fez perecer seu povo eleito pela espada, 
e contra a sua herança enfureceu-se.   (R)

.


Neste salmo vemos que Deus não faz distinção de Seus filhos, somos todos iguais perante Seus olhos e nos sentaremos ao redor de Sua mesa como nos foi prometido.



 *melodia inspirada em musica do www.portaldamusicacatolica.


Vilza - Voz  
Leandro - Voz e violão
IMAG0063
Vilza

100_6374 
Leandro  

C                  G/B            F   G
A glória do Senhor vai além 
C   G/B                  F     G
    além dos altos céus.

Am         Em                 F
Louvai, louvai, ó servos do Senhor, 
Am          Em           F          G
louvai, louvai o nome do Senhor! 
Dm         C/E           F        C/E
Bendito seja o nome do Senhor 
Dm              C/E               Bb      G
agora e por toda a eternidade!    


Do nascer do sol até o seu ocaso,
louvado seja o nome do Senhor!
O Senhor está acima das nações,
sua glória vai além dos altos céus. (R)

Quem pode comparar-se ao nosso Deus,
ao Senhor, que no alto céu tem o seu trono
e se inclina para olhar o céu e a terra? (R)


Ao chegar do exílio, o povo se defronta com graves dificuldades: organizar a comunidade, restabelecer o culto, reconstruir o Templo, sanar sérios problemas sociais. O plano de restauração, portanto, é ainda uma grande aspiração. 


Salmo entoado por Vilza Mazeto, da paroquia Sagrado Coração de Jesus em São João da Boa Vista, SP





*para extrair o mp3 deste video, sugiro http://www.youtube-mp3.org/pt

F                                      G/F                 C G/B Am      
  —Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade,/ 
       Dm7             Gsus                 C
e a vossa salvação nos concedei!
F                                      G/F                 Em   Am7 
  —Mostrai-nos, ó Senhor, vossa bondade,/ 
      Dm7              G                   C/G 
e a vossa salvação nos concedei!



                C                      F            C
 Quero ouvir o que o Senhor irá falar:/
        C                F             G
é a paz que ele vai anunciar./
F                             G                      C  G/B  Am 
Está    perto a salvação dos que o temem,/
       Dm7            F                     Gsus  C/E   
e a glória habitará em nossa terra.



            C                F                   C
 A verdade e o amor se encontrarão,/
        C             F                 G
a justiça e a paz se abraçarão;/
F                   G           C  G/B  Am 
da terra brotará a fidelidade,/
       Dm7         F              Gsus  C/E   
e a justiça olhará dos altos céus.




            C                  F                  C
O Senhor nos dará tudo o que é bom,/
                  C                F                G
e a nossa terra nos dará suas colheitas;/
F                     G           C  G/B  Am 
a justiça andará na sua frente/


Nesta leitura de Deuteronômio, vemos que o povo abandonou a Deus, seguiu seus caminhos,  tomou decisões sem ponderar se era  ou não Sua vontade. Como as consequências não foram agradáveis, o povo começou a achar que foi esquecido, não se dando conta que tudo foi decorrente de seus próprios atos e que Deus, é o verdadeiro dono de nossas vidas.




100_6374 
Leandro - melodia, arranjos e interpretação



   Am                 Em          F                     C
Sou eu que tiro a vida, sou eu quem faz viver!
   Am                 Em          F           G       C
Sou eu que tiro a vida, sou eu quem faz viver!



Am                              Em
Já vem o dia em que serão arruinados 
 F                                C
e o seu destino se apressa em chegar.
Am                                Em
Porque o Senhor fará justiça a seu povo 
F                      G                      Am
e salvará todos aqueles que o servem. (R)


Saibam todos que eu sou, somente eu, 
e não existe outro Deus além de mim: 
quem mata e faz viver, sou eu somente, 
sou eu que firo e eu que torno a curar. (R)



Se eu afiar a minha espada reluzente 
e com as minhas próprias mãos fizer justiça,
dos adversários todos hei de me vingar 
e vou retribuir aos que odeiam. (R)


Neste salmo, afastados de Deus, pedimos pela Sua piedade e suplicamos para que possamos nos afastar das coisas do mundo e que voltemos novamente nossa face na direção do Nosso Senhor.

*melodia  inspirada em musica integrante do CD "Entoai Salmos" da Comunidade Canção Nova.




100_6374 
Leandro  -  interpretação e arranjos



E          G#m              A7+                 B
Criai em mim um coração que seja puro


     C#m7                         A7+
1. Criai em mim um coração que seja puro
  B7                                 E9   
Dai-me de novo um espírito decidido
C#m7                            A7+
Ó Senhor, não me afasteis de vossa face
B7+                               E9       Bsus          
Nem retireis de mim o vosso Santo Espírito


2. Dai-me de novo a alegria de ser salvo
E confirmai-me com um espírito generoso
Ensinarei vosso caminho aos transviados
E para vós se voltarão os pecadores. 


Pois não são de vosso agrado os sacrifícios,
e, se oferto um holocausto, o rejeitais.
Meu sacrifício é minha alma penitente,
não desprezeis um coração arrependido!


No culto, o povo celebra as manifestações de Deus na história, intervindo para fazer justiça. Diante do Deus que faz justiça, os idólatras se envergonham e o povo de Deus se alegra, pois, à medida que age, Deus desmente os ídolos das nações.





* Musica pertencente ao CD Festas Liturgicas IV do Grupo Palestrina da Arquidiocese de Curitiba, PR

                Gm    Bb    F                   Bb          C       F                        
— Deus é Rei, é o Altíssimo,/ muito acima do universo. 
               Gm    Bb     F                  Bb           C       F 
— Deus é Rei, é o Altíssimo,/ muito acima do universo. 


                                   C                F
— Deus é Rei! Exulte a terra de alegria,/ 
             Dm                    C
e as ilhas numerosas rejubilem!/ 
            Gm                 Dm            G
Treva e nuvem o rodeiam no seu trono,/ 
                             C              F
que se apóia na justiça e no direito.


— As montanhas se derretem como cera/ 
ante a face do Senhor de toda a terra;/ 
e assim proclama o céu sua justiça,/ 
todos os povos podem ver a sua glória. 


— Porque vós sois o Altíssimo, Senhor,/ 
muito acima do universo que criastes,/ 
e de muito superais todos os deuses


Este salmo nos mostra que a súplica é o clamor que nasce do fundo da necessidade, na certeza de que Deus ouve a quem o invoca.



100_6374 
Leandro  -  interpretação e arranjos


C             G/B         Am
O Senhor olhou a terra 
 Dm          C              G               
olhou a terra do alto céu. 



C                G/B          Am
As nações respeitarão o vosso nome, 
Dm              C                         G     G7
e os reis de toda a terra, a vossa glória; 
C             G/B                Am
quando o Senhor reconstruir Jerusalém 
Dm                   C                 G   G7
e aparecer com gloriosa majestade, 
F                 G
ele ouvirá a oração dos oprimidos 
F                  G                 G7
e não desprezará a sua prece. 


Para as futuras gerações se escreva isto, 
e um povo novo a ser criado louve a Deus. 
Ele inclinou-se de seu templo nas alturas, 
e o Senhor olhou a terra do alto céu, 
para os gemidos dos cativos escutar 
e da morte libertar os condenados. 


Assim também a geração dos vossos servos 
terá casa e viverá em segurança, 
e ante vós se firmará sua descendência. 
Para que cantem o seu nome em Sião 
e louve ao Senhor Jerusalém, 
quando os povos e as nações se reunirem 
e todos os impérios o servirem.


Neste salmo pedimos ao Senhor que nos dê qualidades que um cristão verdadeiro deve ter.





100_6374 
Leandro  - melodia, interpretação e arranjos


D                       G                         D
Ensinai-me a fazer vossa vontade!

D                       G                         A
Ensinai-me a fazer vossa vontade!


G                            A                        D         Bm                        
 Afastai-me do caminho da mentira 
G                           A                          D        A7
e dai-me a vossa lei como um presente!    (R)


Não retireis vossa verdade de meus lábios, 
pois eu confio em vossos justos julgamentos!   (R)

Que se voltem para mim os que vos temem 
e conhecem, ó Senhor, vossa Aliança!     (R)

Meu coração seja perfeito em vossa lei, 
e não serei, de modo algum, envergonhado!     (R)

Espreitam-me os maus para perder-me, 
mas continuo sempre atento à vossa lei.       (R)

De vossos julgamentos não me afasto, 
porque vós mesmo me ensinastes vossas leis.     (R)



Deus completa em todos os sentidos àqueles que o invocam.

*melodia disponibilizada por www.cancaonova.com, com interpretação de Juliana de Paula, missionaria da Comunidade Canção Nova.



                C              D/C        Bm7              Em7
— Vós abris a vossa mão e saciais os vossos filhos.
              Am7             G/B    C   D                G
— Vós abris a vossa mão e saciais os vossos filhos.


                G                                Cm/G  
— Misericórdia e piedade é o Senhor,/
          G/B         Em7              Am     Dsus
ele é amor, é paciência, é compaixão./
         Em7           Em/D               C      G/B 
O Senhor é muito bom para com todos,/
          Am7            G/B       D4    D
sua ternura abraça toda criatura.


— Todos os olhos, ó Senhor, em vós esperam/
e vós lhes dais no tempo certo o alimento;/
vós abris a vossa mão prodigamente/
e saciais todo ser vivo com fartura.

— É justo o Senhor em seus caminhos,/
é santo em toda obra que ele faz./
Ele está perto da pessoa que o invoca,/
de todo aquele que o invoca lealmente


 Este salmo nos mostra que não tendo mais a quem recorrer, nada podendo fazer, e, não tendo ninguém que o defenda, o salmista recorre a Deus numa espécie de desafio: que ele dê provas de seu amor e fidelidade. 





Leandro - melodia, violão e backing
Vilza - voz solo

IMAG0063
Vilza

100_6374 
Leandro  


C                    G               F                 C
No tempo favorável, escutai-me, ó Senhor!
Am                 G              F                  G
No tempo favorável, escutai-me, ó Senhor!


C     G/B              F                    C
Retirai-me deste lodo, pois me afundo!
Am    F                  G
Libertai-me, ó Senhor, dos que me odeiam,
C       G/B               F                  C
e salvai-me destas águas tão profundas!
Am       F            G
Que as águas turbulentas não me arrastem,
C       G/B                  F               C
não me devorem violentos turbilhões,
Am     F                   G
nem a cova feche a boca sobre mim!    (R)



Pobre de mim, sou infeliz e sofredor!
Que vosso auxílio me levante, Senhor Deus!
Cantando eu louvarei o vosso nome
e agradecido exultarei de alegria!   (R)


Humildes, vede isto e alegrai-vos:
o vosso coração reviverá,
se procurardes o Senhor continuamente!
Pois nosso Deus atende à prece dos seus pobres,
e não despreza o clamor de seus cativos.  (R)


 
תקנון האתר / site terms   |  אתר מאמרים חדש: triger |  אתר עצומות חדש: petitions